Cantores rebatem valores de cachês em lista divulgada esta semana


Durante esta semana, Jonathan Nemer compartilhou uma lista com supostos valores de cachê de vários cantores e bandas gospel tornaram-se alvos de polêmica. A fonte usada por Nemer foi este post no site “O Fuxico Gospel”. Além disso, a lista também foi reproduzida no blog “Pavablog” do Pavarini.

Como era de se esperar, hoje alguns cantores vieram a público questionando a autenticidade das informações divulgadas. Para Asaph Borba, a lista é mentirosa e irresponsável, pois alguns dos irmãos que estão na lista ele conhece e sabe que não cobram cachês, citando Adhemar de Campos.

O cantor João Alexandre, também veio comentou o fato através de sua página no Facebook. Confira:

“Gente querida!
No site PAVABLOG divulgaram a informação falsa de que cobro R$ 10.000,00 por uma apresentação!
Não sei quem achou essa cifra nem de onde tirou essa informação!
Quem acompanha meu trabalho há mais de 30 anos sabe que, a exemplo do Grupo Logos, que também é distribuído pela Missão Vencedores por Cristo, assim como eu, me adapto à realidade de cada convite, dependendo da estrutura do evento, do tamanho da igreja, da distância da viagem e se haverá cobrança de bilheteria ou ingresso de alguma forma!
Penso que existem pastores explorando músicos e vice- versa e que eles se merecem, mas fujo desse mercado nojento desde que saí das gravadoras evangélicas pra me tornar um músico independente!
Em toda minha vida, nunca ganhei R$ 10.000,00 por 1 única apresentação!
Muitas vêzes, nem num final de semana todo sou capaz de chegar a metade desse valor, incluindo as vendas de meus materiais na conta!
Amigo e irmão Pavarini, dessa vez vc pegou pesado!”

Veja a seguir os tweets de Asaph Borba sobre o assunto:

Concordamos que ainda temos muitos cantores evangélicos que não se renderam ao capitalismo gospel. Temos relatos de pessoas que já negociaram com esses cantores e confirmam que estes valores não batem, inclusive, um amigo, Charles Souza está fechando um evento com o cantor Asaph e ele não estipulou valores. Fica a critério da igreja pagar o que for conveniente segundo a posse da mesma. Devido à repercussão negativa, Jonathan Nemer apagou o post de sua página.

ATUALIZAÇÃO:

Hoje (23), Talita Rabello Cezar nos passou a mensagem originalmente enviada ao Sérgio Paravini do blog Pavablog:

Caro senhor Sérgio Pavarini, li a reportagem de seu blog “Quanto vale o show”, gostaria de saber quais são suas fontes sobre os valores dos “shows”, pois, sou nora e secretária do Pr Paulo Cezar, do Grupo Logos, cuido pessoalmente dos pagamentos da Missão. Tenho pleno conhecimento das entradas, e os valores que o senhor colocou na reportagem não condizem com a verdade. Se alguém quiser conferir, peço que faça contato com Helga Mendes, secretária que cuida da agenda e ela passará o valor que é pedido para cobertura de despesas do Grupo. agenda@logos.com.br ou logos@logos.com.br (12) 3934-1823

Comentários

comments

Previous Para refletir - Ainda bem
Next Entrevista: Thiago Monteiro

3 Comments

  1. Joao Gilberto
    24 de janeiro de 2013
    Responder

    porque o Nemer não postou info na lista…cm preços do PC Baruk?? rs

  2. 26 de janeiro de 2013
    Responder

    esse nemer é o TERROR rs

  3. 26 de janeiro de 2013
    Responder

    Antes de postar qualquer coisa, primeiro tem que conferir a verdade!

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *