Ser Ester – A Moda do Crochê


As tramas do crochê são velhas conhecidas de todas nós. Prática milenar, todo mundo tem uma mãe,tia, avó ou amiga que domina a agulha com gancho.

Técnica muito utilizada na confecção de assessórios domésticos, o crochê também aparece em roupas, mas nem sempre com bons resultados.

Até pouco tempo, eu considerava a linha que separava as roupas de crochê da cofonice bastante tênue, para não dizer que achava cafona assim de cara.

Tudo mudou ao conhecer o trabalho da top estilista Vanessa Montoro que modernizou e trouxe frescor à técnica, aliando-a ao tricot. As peças atuais e românticas de Vanessa são confeccionadas com fios de seda e tingidos manualmente, o que lhes agrega muito valor $$$, se é que vocês me entendem…

A partir do trabalho da estilista, passei a pesquisar um pouco mais sobre o tema e descobri outras excelentes marcas que trabalham com peças de crochê, elevando a técnica que, para mim, até então era caseira, à níveis muito elevados de beleza e elegância. Nomes como Giovana Dias e Alzira Vieira merecem destaque.

Se você não tem uma montanha de dinheiro para comprar uma boa peça pronta, o grande segredo para encomendar daquela tia prendada uma peça de crochê é a escolha da linha. Se a linha for parecida com barbante, você certamente estará fadada a se fantasiar de capa de almofada. Linhas finas e tramas fechadinhas dão leveza à peça e deixa o visual sofisticado e moderno #FicaDica

A técnica do crochê tem se tornado cada vez mais democrática e agora, além das capas de botijão de gás, ela vai de uma saída de praia estilosa até um vestido para festa noturna, passando por biquínis, saias, blusas, coletes, dentre outras peças.

Que tal se aventurar no maravilhoso mundo do crochê?

Vestido Longo

A personificação do romantismo e feminilidade. Versátil, o vestido longo de crochê pode ir de um almoço até uma vesta noturna mais formal, mudando apenas os acessórios. Com certeza, quem usa um desses é única e marcante em qualquer evento.

Vestido Longo

Vestido Curto

Românticos, delicados e marcantes, os vestidos curtos também transitam bem entre dia e noite. Para não correr o risco de deixar o look com cara de praiano, caso essa não seja a ideia, vale se jogar no salto alto. Elegância garantida.

Vestido Curto 1

Vestido Curto 2

Saia de Crochê

O look com apenas uma peça de crochê mostra o quanto essa técnica é versátil. Uma saia, por exemplo, vai bem com tudo. Seja uma jaqueta de couro, uma malha, blusa de seda, ou mesmo camisa de algodão, qualquer peça pode combinar com uma saia de crochê. Se você é discreta e não quer se arriscar muito opte por combinações que, mesmo misturando texturas, tenham cores neutras.

Saias de Crochê

Blusa de Crochê

Eu tenho uma regra de estilo na vida: se Kate Middleton usou, então é bonito e pode ser usado. Essa blusa azul marinho com detalhes branco combinada com saia plissada molinha fez extremo sucesso quando a duquesa usou e ganhou diversas versões inspiradas pelo mundo. Com as blusas, vale a mesma regra que com as saias: misturar texturas. O que dizer, por exemplo, dessa linda combinação com saia longa de couro que a cantora Ana Paula Valadão usou em Israel?

Blusas de Crochê

Crochê e a Alta Costura

Grandes grifes nacionais e internacionais também já investiram nas peças de crochê. Da clássica Chanel à moderna Dolce & Gabbana, passando pela sofisticada Salvatore Ferragamo e a brasileiríssima Cavendish, diversas marcas viram o potencial das tramas e não deixaram passar a chance de colocar na passarela lindas peças de crochê.

Alta Costura

E então? Vai dizer que essa não é uma belíssima opção, seja para o verãozão de agora ou inverno próximo. Roupa de crochê sem cara de caminho de mesa já é moda e promete se manter atemporal. É garantia de sucesso, elegância e exclusividade.

Estejam com Deus e até a próxima!

Comentários

comments

Previous Um Brinde - "Algo pra justificar uma vida morna"
Next Rebanhão - discografia e obra

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *