Ser Ester indica – Moderno à Moda Antiga


O Ser Ester indica de hoje vai ser um pouco diferente! Não vamos falar sobre nenhum artista novato e promissor ou pouco conhecido. O assunto do momento é, provavelmente, o disco mais aguardado do ano pelas leitoras dessa coluna e que, por influência de vocês, acabou virando um dos mais esperados por mim também. Trata-se do Moderno à Moda Antiga, da cantora Marcela Taís.

A cantora de voz doce, jeitinho meigo e guarda-roupa dos sonhos (porque isso também importa aqui nesse recinto!) acabou de lançar seu segundo disco e já está fazendo muito barulho, integrando inclusive a lista dos mais vendidos no iTunes.

O disco é uma delícia de ouvir e a empatia é absolutamente instantânea. Não rola aquela fase de estranhamento que a gente tem as vezes ao ouvir um álbum pela primeira vez.

A Marcela Taís ficou super conhecida e identificada por músicas de temática feminina que falam de relacionamentos, como as famosas “Escolhi Te Esperar” e “Menina não vá Desanimar”. Em Moderno, os temas estão presentes em “Conselho de Amiga”, dueto com Anayle Sullivan, “Quando é Amor” e “Homem de Verdade”, duas baladinhas com pegada sessentista, e na romântica “Espera por Mim”. Estas são músicas com alto teor de Açúcar, capazes de fazer o mais hipoglicêmico dos corações ter um uma crise diabética.

Outro destaque absolutamente positivo são as participações especiais. Além de Anayle, Salomão do Raggae faz dueto com Marcela na deliciosa “Risco”, e Paulo Cesar Baruk repete a dobradinha que fez sucesso em “Ele Continua sendo Bom”, melhor música de 2014 segundo O Propagador, em “Sou Diferente”, uma das melhores faixas do álbum e totalmente cotada para o posto de hit.

Meus outros destaques vão para a lindíssima “Voar”, que fala sobre o céu, a excelente “Muita Calma nessa Alma”, outro hit em potencial, e “Naufrágio”, um blues bem bonito. Como não poderia deixar de ser, a música tema também é destaque por ser a cara da cantora. O primeiro single, “Ame Mais, Julgue Menos”, tem ótima combinação de letra e melodia e promete agradar em cheio o público de Marcela.

Cheio de frases certeiras, prevejo redes sociais entupidas de trechos de músicas do Moderno. Para facilitar a vida de vocês (Eike moça boa eu), separei algumas das que mais me chamaram a atenção. Agora é só dar o Ctrl+C e Ctrl+V e encher seu Facebook e Twitter de Marcela Taís.


  • Ninguém sabe a dor que o outro passou, ninguém sabe as lutas que o outro lutou” (“Ame Mais, Julgue Menos”)11391199_926209154097629_580781824588023910_n
  • Talvez do avesso seja o meu lado certo” (Moderno à Moda Antiga”)
  • Coração bobinho se achando sozinho, escute Deus dizendo: Filho estou pertinho” (“Muita Calma Nessa Alma”)
  • Muita calma nessa Alma, vai ficar tudo bem!” (“Muita Calma Nessa Alma”)
  • Viver é um risco que risca a vida que você não arrisca” (“Risco”)
  • Coloque o medo debaixo do braço e siga!” (“Risco”)
  • No mundo de iguais, eu sou diferente” (“Sou Diferente”)
  • Viver é só um ensaio de uma vida eterna” (“Voar”)
  • Nesta vida eu nada ganho, meu vazio é do Teu tamanho” (“Voar”)
  • Você não me deu asas pois sabia que aqui eu não iria ficar / Ao conhecer as coisas lá do alto, pra Terra não se quer mais olhar” (“Voar”)
  • É certo que venha partir tudo que não me faz andar, crescer ou sorrir” (“Partir”)
  • Eu sou tão frágil, mas Tu és forte!” (“Naufrágio”)
  • Há homens puros e originais, talvez não estampem revistas, mas totalmente sensacionais, que amam a alma da mulher” (“Homem de Verdade”) Prevejo infinitas indiretas com a letra dessa música rsrsrsr
  • Deus te livrou de quem não te cuidou, Ele sim sempre te amou” (“Conselho de Amiga”) E mais e mais indiretas rsrsrsrs
  • Ninguém pertence a ninguém, mas o amor conspira por quem pode ser a resposta, da oração de alguém” (“Espera por Mim”)
  • Mas se a gente juntasse as pequenas alegrias, seriamos felizes todos os dias” (“Pequenas Alegrias”).

Pela ordem, as músicas que integram meu Top Five de preferência são:

1º: “Voar”

2º: “Sou Diferente”

3º: “Muita Calma nessa Alma”

4º: “Risco”

5º: “Moderno à Moda Antiga”


Em resumo, Moderno à Moda Antiga cumpriu seu papel e, ao menos para mim, superou as expectativas. Parte das letras mantém a tão característica veia quase teen da cantora, mas não são bobinhas. Musicalmente, o disco é muito bem elaborado, rico em detalhes e com ótimos arranjos.

Então, vale a pena ouvir, Tayse? Você está aqui ainda, fia? Venha ouvir logo porque está bom demais.

 

Para acompanhar Marcela…

Site Oficial

Facebook

Twitter

Instagram

Youtube

Deezer

Spotify

 

 

Previous PG lança novo clipe e música: "Ser Alguém"
Next Um Brinde - O Deus que coloca sorriso em rostos

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *